Skip to content

Como a dieta influencia na saúde bucal

A cavidade oral é uma das principais áreas de contato do corpo com o ambiente externo, sendo responsável também por processos do sistema digestivo e fala. Com isso, ao ter contato com alimentos e possíveis bactérias, há uma clara e estreita relação entre a dieta e a saúde bucal, bem como no funcionamento de qualidade de todo o organismo.

Com isso, o que se come é extremamente importante para o aspecto nutricional e para a saúde dos dentes, bem como pode favorecer o surgimento de doenças na cavidade e corpo.

Do mesmo modo, também existem alimentos e substâncias que podem se prender à estrutura e que podem ser difíceis de serem removidos devido a sua composição, o que é extremamente prejudicial para a saúde bucal. 

Outro fator são os nutrientes, ou a falta deles, que afetam os tecidos internos dos dentes e o esmalte, que protege a arcada, deixando a boca com risco de doenças, dores e hipersensibilidade, além de problemas na gengiva.

Alimentos favoráveis à saúde bucal 

Os alimentos recomendados pelos especialistas da odontologia para garantir uma boa saúde bucal e a beleza da estrutura são os ricos em fibras, cálcio e vitaminas, pois eles podem nutrir e auxiliar na limpeza dos dentes.

Isso ocorre porque alguns alimentos têm um fator de limpeza natural, com substâncias como as adstringentes. Com isso, junto ao processo de mastigação, alimentos como a pêra, maçã, cenoura e laranja podem remover os resíduos alimentares dos dentes, evitando inflamações. 

Já o cálcio se mostra como um dos principais nutrientes para a saúde dental, afinal, 95% dessas estruturas são formadas por cálcio. Portanto, sua ingestão é crucial para repor e fortalecer a dentição. 

Para isso, uma forma interessante de implementar o cálcio e seus benéficos é ingeri-lo por meio de dietas baseadas em leite, queijo, ovo, couve, espinafre e brócolis. 

Para a arcada dentária, também é recomendado alimentos ricos em magnésio, vitaminas B2, B3 e B12.

Além disso, é importante frisar a necessidade de ingerir ao menos dois litros de água para que o corpo funcione adequadamente, também nutrindo a dentição, cabelos, pele e unha.

A água também é um elemento primordial, visto que ele pode contribuir para a produção de saliva, responsável pela limpeza natural, e regulação do pH da mucosa. 

Assim, não só a beleza e saúde do sorriso serão mantidos, como tratamentos diversos, como a lente de contato dental, também serão preservados.

Alimentos que fazem mal à saúde bucal

Os alimentos que fazem mal à saúde bucal, geralmente, são os mesmos que fazem mal à saúde do corpo como um todo. Ou seja, o tipo de comida ingerida pode afetar todo o organismo, enfraquecendo o sistema e contribuindo para o surgimento de doenças.

Exemplo disso são os produtos processados, industrializados, gordurosos e açucarados, que são amplamente consumidos, principalmente frente às rotinas mais agitadas. 

Contudo, é preciso mais atenção à dieta e algumas práticas podem contribuir com uma alimentação mais saudável no dia a dia de forma prática. Alguns exemplos são:

  • Preparar refeições para a semana;
  • Considerar os nutrientes necessários para a saúde;
  • Priorizar frutas e lanches naturais ao longo do dia;
  • Recorrer aos snacks como oleaginosas;
  • Acompanhar a saúde com profissionais qualificados.

Alimentos que devem ser evitados e tratamentos 

Alimentos doces, ricos em açúcar, são os principais vilões da saúde bucal. Isso porque a sacarose alimenta as bactérias da boca, liberando um ácido corrosivo ao esmalte do dente, deixando a arcada dentária vulnerável para doenças como cárie e periodontite. 

Já alimentos como a beterraba, vinhos, refrigerantes e café podem mudar a cor dos dentes devido a sua alta pigmentação. 

Por isso, é recomendado que seja evitado o consumo em excesso. Contudo, ao consumir esses alimentos, o ideal é que haja o cuidado com a escovação ou que faça a ingestão da água para retirar os resquícios pigmentados desses alimentos. 

Já nos casos em que os pigmentos já estiverem impregnados à estrutura, para corrigir a coloração dos dentes, é possível recorrer ao clareamento dental, recuperando até sete vezes o tom.

Por fim, os alimentos muito duros também não são recomendados, pois podem danificar ou comprometer por completo a estrutura dos dentes, podendo ocorrer trincas ou quebras, demandando a restauração ou colocação de facetas.

Além disso, alimentos muito rígidos podem comprometer a estruturas de tratamentos preexistentes, como aparelho invisivel, móvel se não for retirado ou fixo, ou mesmo implantes.

Assim, é preciso adequar a alimentação para evitar danos à cavidade.

Cuidados necessários e acompanhamento profissional

Apesar dos alimentos fortalecerem a estrutura bucal e serem muito benéficos para a saúde como um todo, o acompanhamento profissional não pode ser negligenciado, de modo a promover ainda mais os cuidados e a resistência dos tecidos.

A limpeza profunda, por exemplo, é um método que pode ser aplicado para remover tártaros e placas, evitando inflamações e fortalecendo a dentição.

A preocupação com a limpeza e retirada dos resíduos alimentares dos dentes é importante porque esses alimentos são os principais responsáveis por inflamações e doenças bucais, podendo afetar demais sistemas do corpo, como o cardiovascular e respiratório.

Inclusive, pessoas que já utilizam aparelho dental invisivel, devem ter uma atenção ainda maior com relação à higienização.

Além disso, junto a uma alimentação equilibrada, é importante ter em mente os hábitos de higienização bucal, como:

  • Escovar os dentes ao final de cada refeição;
  • Passar fio dental diariamente;
  • Finalizar a higienização bochechando enxaguante bucal;
  • Ir ao dentista a cada seis meses.

Com uma boa alimentação e práticas de higienização e preservação bucal é possível garantir um sorriso bonito e uma boca livre de doenças, como gengivite, cárie e halitose.

Assim, com os hábitos de preservação da saúde bucal contribuindo para a manutenção do sorriso e de procedimentos, é possível pesquisar por quanto custa um clareamento dental, alcançando um sorriso ainda mais bonito e sadio.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, com dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.