Skip to content

Como aumentar o pênis

Muitos homens devido a cultura que aprende desde criança que, para que as mulheres se sintam mais atraídas e desejam mais os homens é que se deve ao tamanho do seu brinquedo. Devido a isso, alguns homens se sentem inseguro com a grossura do pênis, isso se deve ao medo de não satisfazer a parceira ou até mesmo pelo seu ego.

Mas a pergunta que fica, para a mulher faz realmente a diferença? Sim, com certeza! Isso porque o que da mais prazer a mulher, é a grossura do pênis e não tanto o seu alongamento. O atrito na hora da relação sexual aumenta quando o pênis é mais grosso, mas quais maneiras de obter essa maior espessura?

Vamos falar de alguns maneiras de aumentar ou engrossar o pênis, dando uma atenção maior no produto que é o creme Macho Macho que tem feito sucesso entre seus clientes:

Como engrossar o pênis de forma natural, rápida e segura

is

Há algumas maneiras de se fazer o pênis ficar maior e mais grosso, entre eles estão cirurgia, exercícios, bombas penianas e gel. A cirurgia, não é tão comum assim, não é todo homem que quer fazer cirurgia para mudar o tamanho do pênis, isso pode ser constrangedor para muitos homens, tanto é que você dificilmente se ouve falar que alguém fez.

Há exercícios que prometem fazer o aumento, porem é preciso ter muita cautela, pois feito de maneira errada pode acabar se machucando. A opção de bomba peniana é muito comentado na internet, parece ser uma boa opção para aumentar também. Se o homem não tiver o incomodo de ter uma bomba peniana em casa, se morar sozinho tudo bem, mas se quiser fazer o aumento de forma discreta talvez também não seja a melhor opção.

A ultima opção, e a melhor na minha opinião é o creme para engrossar o pênis de forma natural. O creme Macho Macho engrossa o pênis até 5 centímetros no primeiro mês, o que digamos é um belo aumento de maneira rápida. Além disso, já são mais de 1 milhão de clientes satisfeitos, é uma maneira mais discreta de usar, pois se trata de um creme além de ser totalmente seguro.

Fonte do artigo: https://www.artesdecura.com.br/