Skip to content

Etapas essenciais de skincare

Uma pele bonita faz toda a diferença na autoestima. Veja o que é essencial nos cuidados com a pele do rosto

Se antes paletas, bases e batons dominavam o ranking da beleza, hoje os dermocosméticos ganham cada vez mais força. Afinal, de nada adianta fazer uma boa make se a pele não estiver bem cuidada. Um rosto limpo, macio e sem espinhas ajuda na autoestima e deixa o resultado da maquiagem bem mais bonito.

Mas como são esses cuidados faciais? O que fazer? Qual a ordem dos produtos? Cada tipo de pele tem suas exigências, mas algumas etapas do skincare são fundamentais. Conheça:

Quando fazer

No geral, o skincare precisa ser feito pela manhã, logo após acordar; e à noite, antes de dormir. Limpar mais do que isso pode ser prejudicial e trazer efeito rebote, além de exigir um gasto maior dos produtos de cuidados com a pele.

Remoção da maquiagem

Quem utiliza make sabe o quão trabalhoso é removê-la. Em vez de utilizar apenas seu sabonete, tenha um produto específico para a remoção da maquiagem. Ele vai amolecer o produto e facilitar a ação do limpador logo depois.

Jamais durma de maquiagem! Os produtos entopem os poros, impedindo que a pele “respire” completamente. Além disso, atrapalha a renovação celular, que costuma acontecer à noite. Por fim, o hábito deixa a pele suscetível a cravos e espinhas. É bem comum, por exemplo, que a pessoa durma com a make e acorde com o rosto com um cravo.

Limpeza

A limpeza é uma das etapas mais importantes do skincare. Ela será responsável por remover as impurezas e ajudar na renovação celular. Mas cada tipo de pele exige um produto diferente.

Peles acneicas, por exemplo, costumam se beneficiar de limpadores adstringentes, como os de enxofre. Já as sensíveis reagem melhor a produtos mais suaves, até mesmo cremosos, e que levam manteiga de karité e lanolina em sua composição.

A sensação de pele “repuxando” pode ser agradável, mas tome cuidado. Uma remoção muito brusca e constante da oleosidade pode causar efeito rebote, ou seja, o organismo vai entender que sua pele precisa de mais óleo e produzi-lo ainda mais.

Tônico

O tônico remove qualquer impureza que tenha sobrado após a limpeza com o sabonete, como resíduos de maquiagem à prova d’água e filtro solar. Ele também equilibra o pH da pele, ajuda a mantê-la com viço e, em muitos casos, conta com ativos.

É importante salientar que, por fazer uma limpeza profunda, o tônico não é recomendado para todas as peles. As secas e sensíveis provavelmente vão se irritar com ele. Portanto, não é uma etapa obrigatória no skincare.

Tônicos que contêm AHAs ou BHAs (alfa-hidroxiácidos e beta-hidroxiácidos) atuam como esfoliantes na rotina e, por isso, não podem ser usados sempre.

Hidratação

Muitas pessoas de pele oleosa acham que a hidratação é desnecessária. É exatamente o contrário: uma pele bem hidratada não precisa produzir tanto óleo. Afinal, o rosto produz mais sebo para evitar que a pouca hidratação ainda saia da pele.

Quem tem pele oleosa e acneica precisa escolher hidratantes livres de óleos, não comedogênicos e com toque seco. Já as secas e sensíveis precisam de produtos mais densos e com substâncias calmantes, como aloe vera.

Creme de tratamento

Em alguns casos, a hidratação e o creme de tratamento estão presentes no mesmo produto. Mas o creme de tratamento costuma ter uma função específica: tratar algum problema ou evitar o envelhecimento, por exemplo.

O importante é seguir a ordem de que produtos fluidos vêm antes dos mais densos. Para quem tem mais de um produto de tratamento, siga a dica: deixe os antioxidantes para a manhã e os antirrugas para a noite.

Proteção solar

Caso a limpeza de pele seja feita pela manhã, a proteção solar será o passo final do seu skincare. Jamais negligencie o filtro solar: junto com a limpeza, ele é a etapa mais importante dos cuidados com a pele. Afinal, de nada adianta investir em produtos de skincare se você submete seu rosto às agressões dos raios solares.

Outro fator importante é que até quem trabalha dentro de casa terá benefícios. Aparelhos eletrônicos, como o computador e o smartphone, emitem luz azul, que também contribui com o envelhecimento da pele.